Rádio Pains FM 87,9

Como o mover no Sul do Brasil mobilizou uma nação para a oração

Como o mover no Sul do Brasil mobilizou uma nação para a oração

A trajetória do pastor Joel Engel é marcada por fé e desafios superados. Sua experiência com Deus há mais de 35 anos não só mudou sua vida, mas também impulsionou a criação da Escola Profética, que hoje atrai milhares de pessoas de todo o Brasil em busca de um relacionamento mais profundo com Deus.

Tudo começou em maio de 1987, quando Engel iniciou um propósito de oração buscando um avivamento espiritual no Rio Grande do Sul. Durante esse período, ele teve uma visão de uma bola de fogo caindo sobre Faxinal do Soturno, sua cidade natal. 

"Eu estava orando e senti dores de parto. Naquele momento, senti que estava mergulhando na presença de Deus de uma forma muito intensa, acabando por ser arrebatado espiritualmente", lembra Engel.

Essa experiência profunda resultou no batismo com o Espírito Santo de 52 pessoas, que foram tomadas pela presença de Deus em suas próprias casas, pois não havia culto naquela noite. 

Dois dias após a experiência com a bola de fogo, centenas de pessoas, orientadas por Deus, buscaram Engel no pavilhão onde ele ministrava. Foi nesse momento que se formou o primeiro grupo de oração 24/7.

Em 1999, Engel foi convidado a ministrar na conferência Catch The Fire, no Canadá — no local que deu início a um avivamento que foi conhecido como “Toronto Blessing” (“Bênção de Toronto”). Este movimento de avivamento começou em janeiro de 1994 na Toronto Airport Vineyard Church, liderada por John e Carol Arnott, após uma série de reuniões conduzidas pelo pastor americano Randy Clark.

Os pastores de Toronto reconheceram a unção específica que havia sido derramada no Rio Grande do Sul, mas que fora rejeitada pelo Brasil. "O Senhor me falou que haveria um mover muito grande a partir daquele momento em nosso País", conta Engel.


Joel Engel e líderes cristãos internacionais, ao lado de Randy Clark. (Foto: Ministério Engel)

Em 2010, um grupo de canadenses veio ao Brasil para ministrar a volta dessa unção. 

“O Catch The Fire é uma igreja hoje. E na verdade, a unção que Deus deu para o Brasil é algo peculiar, diferente, não é a mesma unção do Canadá, ou de qualquer outro lugar, é uma unção diferenciada”, destacou Engel. “Deus está levantando aqui no Brasil profetas da casa; profetas brasileiros.”

Desafios e milagres durante a seca

Entre 2011 e 2012, o Rio Grande do Sul enfrentou a pior seca de sua história, afetando gravemente o setor agrícola. Engel, orientado por Deus, começou a ministrar sobre a "Unção de Elias" na Escola Profética, buscando um avivamento na Região Sul do Brasil para acabar com a seca. Após dias intensos de intercessão e ministrações proféticas, as chuvas voltaram em 2013, e o estado passou a registrar recordes de colheitas.

Em 2015, o estado atingiu um volume histórico de 15,19 milhões de toneladas em sua safra de soja, trazendo grande prosperidade para os gaúchos e conferindo a Engel o título de "profeta da chuva". A presença de Engel passou a ser requisitada por autoridades do Brasil e de diversos países em busca de chuvas para regiões castigadas pela seca.

Avivamento em Roraima

Uma das experiências mais marcantes de Engel ocorreu em Roraima. Após uma visão de Deus, Engel passou 30 dias em intensa unção. "Eu não conseguia dormir, eu pulava, chorava, corria pelas ruas", relata. 

Durante este período, Engel foi chamado para pregar ao governador do estado. “Deus falou comigo: estou derramando a unção de Elias sobre o Brasil”, conta Engel. Naquele tempo, o governador, tocado pela mensagem, entregou o estado de Roraima a Jesus, marcando o início de um avivamento significativo.

Engel relembra um evento no Monte Roraima onde, após ministrar aos índios, ocorreu um milagre. "Veio sobre Roraima a maior chuva dos últimos 40 anos, cumprindo a visão que Deus nos dera", diz Engel. Este acontecimento resultou na transformação do local e no fortalecimento da fé entre os nativos.


Joel Engel tem ministrado a grupos indígenas no Brasil. (Foto: Ministério Engel)

“É importante dizer que em muitos lugares está proibida a pregação do Evangelho para os índios, mas lá em Roraima os próprios índios pediram para abrir igrejas. O Evangelho ali tem sido disseminado de uma maneira linda. E todas as profecias proferidas ali por nós se cumpriram”, disse Engel.

Santa Maria e a oração 24/7

Santa Maria, no Rio Grande do Sul, tornou-se a base do Ministério Engel. Deus revelou a ele que a cidade seria um ponto central para a unção e a intercessão contínua. 

“Santa Maria também teria uma ligação direta com o céu”, ele afirma. 

Foi estabelecida uma casa de oração 24/7, onde intercessores oram continuamente há mais de 30 anos, fortalecendo a espiritualidade local e internacional.

A Escola Profética não apenas consolidou sua presença no Brasil, mas também se expandiu para mais de 150 países. A visão de Engel de uma casa de oração 24/7 e o compromisso com a intercessão contínua transformaram Santa Maria e, a partir dela, toda a nação.


Intercessores em Santa Maria, no RS. (Foto: Ministério Engel)

“Deus me mostrou que da mesma forma que Jacó tinha uma escada de ligação do chão ao céu, Santa Maria também teria uma ligação direta com o céu no sentido de produzir missionários para a missão. Daqui serão enviados homens e mulheres aos quatro cantos da terra para a obra missionária”, declara o pastor.

Por fim, Engel estende um convite: “Venham e vejam o que Deus tem feito. A unção de Elias está viva e se espalhando, transformando vidas e trazendo o céu para a terra.”

Saiba mais sobre a Escola Profética em ministerioengel.com

NOTÍCIAS MAIS LIDAS