Rádio Pains FM 87,9

Dois suspeitos de integrar quadrilha que pratica roubos violentos são presos em Volta Redonda e Vassouras

Criminosos usam carros para roubar pedestres nas ruas, sempre ameaçando as vítimas com arma de fogo. Operação é resultado de uma investigação da Polícia Civil de Barra do Piraí. Um outro envolvido também é alvo, mas já estava preso. Caso continua sendo investigado. Suspeitos se preparando para cometer os assaltos

Divulgação/Polícia Civil

Dois jovens suspeitos de integrar uma quadrilha de assaltantes foram presos na tarde desta sexta-feira (19) em Volta Redonda (RJ) e Vassouras (RJ). Eles têm 22 e 23 anos. As informações são da Polícia Civil de Barra do Piraí, responsável pela investigação.

As prisões foram feitas em cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça com base em um inquérito que apura uma sequência de crimes deste tipo pela região.

Em Volta Redonda, o suspeito foi encontrado enquanto se preparava para fugir para uma comunidade no Rio. A prisão aconteceu no bairro Vila Rica/Tiradentes. Não foi divulgado detalhe sobre a prisão que aconteceu em Vassouras.

Um outro mandado de prisão foi cumprido nesta sexta-feira, mas o alvo, um jovem de 18 anos, natural de Barra do Piraí, já estava preso, também por envolvimento em outro roubo.

Bandidos de carro atacam pedestres

A investigação apontou que a quadrilha usa carros para roubar pedestres nas ruas, sempre ameaçando as vítimas com arma de fogo e levando dinheiro, celulares, bolsas, cartões de crédito ou qualquer outro item que possa ser considerado de valor.

"O bando atuava em diversas cidades da região, sempre com muita violência e emprego de arma de fogo", informou a Polícia Civil, em nota.

Acidente com morte durante fuga

Em um dos casos, que aconteceu em março deste ano, a quadrilha provocou um acidente com uma viatura da Polícia Rodoviária Federal durante uma fuga pela BR-393 (Rodovia Lúcio Meira). Na batida, um motorista de um carro morreu e um policial rodoviária ficou ferido — a vítima fatal não tinha nenhuma relação com a quadrilha. Na ocasião, os bandidos conseguiram fugir.

Acidente aconteceu em março

Divulgação/PRF

Investigação continua

Os alvos da operação desta sexta-feira também tinham contra eles mandados de busca e apreensão na residência deles, mas não havia ninguém nos imóveis.

Todos os três têm antecedentes criminais — dois por envolvimento com o tráfico de drogas e um por homicídio.

Os dois suspeitos que estavam soltos foram levados para a delegacia de Barra do Piraí. Eles vão responder por assalto a mão armada.

A investigação continua para que mais envolvidos nesta quadrilha sejam identificados. A Polícia Civil pede para que qualquer pessoa que possa ter sido vítima dessa quadrilha procure a delegacia de Barra do Piraí para fazer uma denúncia.

Clique aqui e siga o g1 no Instagram

VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

NOTÍCIAS MAIS LIDAS